Luiza Musela: Vou te contar: TAG

Vou te contar: TAG

/
5 Comments
Olá meu povo, como vocês estão? Imagino que bem.
Que tenham rompido o ano muito bem e que venha muitas coisas boas por aí né?
2017 promete ser o ANO isso mesmo, sabe por que? Por que nós queremos.

Vamos papear hoje sobre TAG, sabe o que é? Sabe se é pra comer, beber ou sei lá o que?
Bom TAG é a sigla para Transtorno de Ansiedade Generalizada.É uma das doenças mentais que mais assolam a sociedade hoje em dia , já que o mundo está corrido e querendo muito mais que podemos dar, produzir é o que interessa, mas nossas emoções, sentimentos e pensamentos são deixados de lado e quando nos pegamos a pensar em nossa vida, deparamos que não a vivemos, não conseguimos ver o que nos deixou tão acelerados.

Resultado de imagem para ansiedade

A TAG, é caracterizado como ansiedade e preocupação excessiva, que não se tem motivo aparente, podendo estar ou não entrelaçado a algo que possa realmente despertar sua preocupação, no dia a dia vemos que nosso trabalho, faculdade e redes sociais nos deixam a flor da pele, preocupamos com a violência, com o tempo, com a estrada, com os acidentes, ufa com muita coisa né?

Sabemos que a Ansiedade é algo bom do nosso corpo, um mecanismo de defesa do nosso corpo e quando bem dosada a pessoa pode se preparar antecipadamente para algo, sendo assim pode -se dosar. Infelizmente nosso corpo também a produz exacerbadamente e assim temos a ansiedade generalizada. Ela surge em momentos que não se ha perigo ou necessidade para ansiedade, ou em doses elevadas, pode - se ter a certeza que os distúrbios de ansiedade estão por vir.

A TAG, é diagnosticada quando há ansiedade exagerada por mais de 6 meses, sintomas físicos e que pode estar interferindo e dando prejuízo no dia a dia. A pessoa com TAG sentem ansiedade em momentos inoportunos, podendo ser reais ou não. Veem que a preocupação nunca tem fim, vira um ciclo, que acha que acaba uma preocupação e começa outra.

Resultado de imagem para ansiedade

Podemos ver alguns sintomas bem característicos:
- Preocupação exagerada com tudo e com todos
- Medo excessivo de  ser repreendido, julgado e criticado
- Falta de capacidade de controlar os pensamentos e preocupações
- Dificuldade de lidar com imprevistos e incertezas
- Necessidade de controlar tudo e todos
- Planejamento em excesso
- Tendência de esperar que a pior coisa aconteça
- Incapacidade de se livrar da preocupação sabendo que a ansiedade é maior do que a situação necessita
- Hábito de encontrar problema imediatamente após se livrar de uma situação
- Incapacidade de Relaxar
- Dificuldade de manter a concentração e o foco
- Dificuldade de dormir e manter o sono por que a mente se mantem muito ativa
- Tensão, dores de cabeça e no corpo constantemente
- Sentimento de inquietação
- Problemas de estômago, diarreia, náuseas e fadiga
- Tremedeira, sudorese, taquicardia e falta de ar

Resultado de imagem para ansiedade

Por conta desse misto de sintomas, nosso corpo sucumbi, e vemos que estamos cada vez mais ansiosos e acabamos entrando em um misto de ansiedade e depressão, pois você não deseja sentir aquilo e naquele momento mas é inevitável.

Eu sou diagnosticada com TAG tem 6 anos, fui pré - diagnosticada pela Psicologa e depois fui para o Psiquiatra onde vivo um vai e volta por conta de problemas com meu plano, mas estou continuando com a medicação, tenho depressão, sinto que essa ansiedade come meu ser e queria apenas que um dia passasse, mas sinto muito isso tudo desde sempre, quando tinha uns 10 ou 11 anos já me sentia diferente, como se algo me corroesse.

Meus pais, sempre muito amáveis mas nunca encararam isso como ansiedade excessiva, minhas náuseas, vômitos, falta de apetite eram encaradas como VERME, siiiiiim acredite nisso. Com o tempo foi encarado como frescura, ou outra doença física, e eu comecei a ver que eu estava doente da mente. 

Ficava péssima quando terminava um relacionamento, quando vim morar sozinha as coisas pioraram, me deparei com algo que odeio, mudança repentina, tenho que me planejar, e odeio que as coisas saiam do trilho, abracei a minha loucura por um tempo e se eu lembro de tudo que fiz? Não muito, creia nisso, a ansiedade é quase um coma alcoólico.

Comecei a namorar um cara, que vivi em um relacionamento abusivo e agressivo, me vi pior, me definhando, foi aí que procurei ajuda, por que ele dizia que eu era louca, óbvio ele também era e me fazia surtar.  Ele tentou me matar algumas vezes mas isso falo depois OK?! Foi aí que fui diagnosticada, ou melhor pré diagnosticada, já estava com meu atual, e indo ao psiquiatra.

Tentei suicídio algumas vezes, e outras já pensei em como poderia fazer, uns falam que é por capricho, se não fizerem o que eu quero eu digo que vou me matar, outros falam que sou louca e eu digo que é algo que DÓI.

Se me orgulho? ÓBVIO que não, não queria ser assim, e acho que ninguém queria né?
Pois bem, se você faz parte de milhões de pessoas como eu que tem TAG ou sente que tem mais ansiedade que deveria ter, vem cá e vamos conversar.
Tem dúvidas, histórias, depressão ou outro transtorno e distúrbios vamos conversar mais.

Resultado de imagem para ansiedade

beijos enormes da Lú   

tempo, tempo, tempo...


Você pode gostar também..

5 comentários:

  1. Oi Lu! Como é sério isso e como é importante e corajoso vc compartilhar sua experiência conosco. Tenho fé que isso terá fim e fico feliz pq com esse post outras pessoas vão poder identificar "algo" que nem sabiam que tinham. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Nossa Luiza, amei esse post e ele é de utilidade publica, vi alguns sintomas qie eu sinto e irei ate compartilhar pra chegar em outras pessoas.#AsCariocasBy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que bom que gostou. Divulgue sim ❤

      Excluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Essas doenças são bem sérias,e afetam não só a vida de quem está doente assim como a vida da família inteira.E requer o apoio dos familiares e amigos. Minha avó tem histórico de depressão, meu pai também que além da depressão ele tem estresse pós traumático.
    Achei de muita coragem você vir compartilhar o que você vive, pq quem esta de fora não faz idéia do que a pessoa passa né.
    Mil beijos Lu❤

    ResponderExcluir

A tal da Nati. Tecnologia do Blogger.